Revista Lapa Legal Rio

Minha foto
A Revista que resgata a Lapa como cultura e lazer.

sábado, 9 de abril de 2011

CARLINHO DE JESUS, NOSSO MALANDRO CARIOCA CONQUISTA A LAPA

A noite carioca estava mesmo precisando preencher o espaço deixado pelos malandros de outrora, e Carlinhos de Jesus nascido no subúrbio de Marechal Hermes e criado em Cavalcante, caiu como uma luva no personagem feito sob medida para ele. Chegou com a dança de salão, de terno branco, chapéu e camisa listrada, rodopiando com suas partners pelos salões do Brasil.

Foi durante 11 anos coreógrafo da comissão de frente da Escola de Samba Mangueira, voltando a ocupar o cargo em 2009, arrasta multidões com o seu “Bloco dois prá lá dois prá cá” no carnaval e ainda tem tempo para cuidar da casa a Lapa 40º. Carlinhos, investe na noite carioca sem perder de vista a sua arte: A DANÇA. A Cia de dança Carlinhos de Jesus tem como filosofia manter a fidelidade à dança de salão, mesclando elementos cênicos na composição de suas coreografias.

Apresenta trabalhos realizados em Cinema, Teatro, TV, Workshops e realiza oficinas de dança no Brasil e no exterior. Desde sua origem, em fevereiro de 1991, o Bloco Dois Pra Lá Dois Pra Cá, une a irreverência e alegria do Carnaval Carioca à magia da dança de salão, atraindo anualmente mais de quatro mil pessoas, entre artistas, turistas nacionais e internacionais, políticos entre outros. O bloco mostra uma performance inédita no carnaval misturando o samba de salão com o pagode e muito samba no pé se tornando o único bloco de dança de salão do país.

A Lapa, o bairro mais boêmio do Rio de Janeiro, recebeu de braços abertos a mais nova casa de show - Lapa 40º - que veio com um presente extra: o coreógrafo e dançarino Carlinhos de Jesus, a nossa mais nova tradução do malandro carioca..no bom sentido, claro.

Sinuca, gafieira, música ao vivo, cerveja, whiskeria, cardápio variado e internet sem fio em todos os andares – tudo isso num só endereço. Lapa 40o – Sinuca e Gafieira, que já é considerada a maior casa de sinuca do Brasil, com mais de 22 mesas de sinuca variadas – oficial, bilhar e no formato pool, com caçapas maiores, própria para os leigos. A capacidade total da casa é de 1.500 pessoas e 80 barris de chope gelado por dia, garantidos por uma câmara frigorífica de 12m2.

O térreo, um imenso calçadão com pedras portuguesas que remetem ao calçadão de Copacabana, abriga mesas de bar, com pequeno palco para shows de banquinho e violão. O segundo andar é o espaço reservado para os verdadeiros amantes da sinuca. A gafieira fica no terceiro andar com palco para pocket-shows de música brasileira com acústica e sonorização de primeira linha, com capacidade para 600 pessoas. Ali, Carlinhos de Jesus usa seu know how no showbizz para levar artistas para se apresentar na gafieira, bem como mostrar seu gingado nas noites de sábado, quando o espaço é reservado para a prática da dança de salão, onde ele pode exibir tudo que sabe e olha que não é pouco, deslizando no salão com suas pupilas e mostrando o seu sorriso, marca registrada do artista.

A infra-estrututra da casa foi cuidadosamente preparada, visando aliar num mesmo ambiente conforto, cultura e qualidade, oferecendo 1.749 m² de área construída e 1344 m² de espaço destinado ao público, além de elevador, rampas de acesso e banheiros para portadores de necessidades especiais.

As paredes têm revestimento acústico de poliuretano. Carlinhos, cerveja, sinuca e muita música, alguém precisa de mais alguma coisa? nem eu.

2 comentários:

  1. Adoro o Carlinhos, nosso malandro carioca!!!no bom sentido, é claro.

    Leslie

    ResponderExcluir